Costas

3 modos de melhorar a gestão dum paciente com COVID-19, proteja, hoje, a sua equipa hospitalar

Proteger o pessoal médico é, hoje em dia, crucial. Se falharmos, o sistema de saúde também falhará e os resultados serão trágicos. Acelerar o fluxo informativo entre as equipas de ambulância e o pessoal hospitalar é um fator-chave para melhorar a gestão dos pacientes. Isto, por sua vez, ajudará a proteger todo o pessoal hospitalar.

A tecnologia STEMI com uma avançada telemedicina "baseada em smartphones"

A STEMI Global apoia hospitais e equipas médicas de emergência, permitindo-lhes agir como uma única equipa virtual. Antes da criação da tecnologia STEMI, na Eslováquia, os serviços médicos de emergência (paramédicos) e os hospitais atuavam de forma quase independente uns dos outros: A equipa de emergência atendia uma chamada. Ia ter com o paciente, pegava nele e levava-o para o hospital_mais próximo. Uma vez no local, um médico diagnosticaria o doente. Muitas vezes, o paciente tinha de ser colocado de novo na ambulância e conduzido a um centro cardíaco especializado suscetível de tratar dele. Infelizmente, isto é comum. A nível mundial, as proporções de transporte secundário situam-se entre 30 e 55 %.

Trasporte secundário = perda de tempo inútil!!!

Com a tecnologia STEMI, a equipa de emergência transmite os dados diretamente ao médico-especialista que pode fazer o diagnóstico imediatamente. Se forem necessários cuidados especializados, a ambulância é reencaminhada durante o trajeto. O médico pode juntar uma equipa de tratamento através de uma única tecla. Sem perder tempo a juntar uma equipa após a chegada! Tudo isto reduz esse período de tempo crítico desde a chamada de emergência até ao tratamento. Na Eslováquia, a redução média é de 1 hora. Os conhecimentos médicos comprovados demonstram que isto aumenta a taxa de sobrevivência em 100-200 % e diminui também o custo dos cuidados posteriores.

A luta contra a infecção COVID-19...

Agora, em resposta à pandemia COVID-19, melhorámos a tecnologia STEMI para além do enfarte, o AVC e os traumatismos. Foi criado um novo módulo COVID-19. Ajuda-o de três maneiras:

  1. O pessoal médico do hospital é informado antecipadamente de que o paciente que está a caminho está infectado ou é suspeito de COVID-19, podendo ser transferido diretamente para uma unidade "COVID" especializada. O risco para os trabalhadores hospitalares bem como para todos os outros pacientes fica assim reduzido.
  2. A equipa "COVID" é informada da posição do paciente e da sua hora de chegada o que lhes permite preparar-se a tempo, no momento certo.
  3. Os pacientes que sofrem de outra emergência (por exemplo, ataque cardíaco, AVC, ou trauma) também podem ser infetados. Os pacientes suspeitos de COVID-19 podem ser identificados dentro da ambulância e as informações enviadas com antecedência para a unidade de tratamento especializada.

Contacte-nos para saber mais sobre como a STEMI Global pode ajudar a proteger a sua equipa médica contra a COVID-19, melhorar a gestão de pacientes agudos, ou para pedir uma demonstração GRATUITA. Poupe tempo, salve vidas!

 

Save minutes, Add life!